EM BUSCA DE UMA ALTERNATIVA NO ENSINO/ESTUDO DA MATEMÁTICA: APRESENTANDO O “PROBLEMA ARGUMENTATIVO”.

  • Daniel Dunck Cintra IFMT
Palavras-chave: ensino da matemática, formação crítica, argumentação

Resumo

Neste artigo, a partir de uma pesquisa qualitativa e de revisão bibliográfica, pautando-nos especialmente em Freire (2014 e 2015) e Skovsmose (2001 e 2007) procuraremos mostrar que essa disciplina pode trazer muito mais benefícios do que a mera reprodução de algoritmos e aplicações no cotidiano, pois defendemos que ela colabora no desenvolvimento argumentativo do discente, consequentemente, pode transformá-lo em um sujeito que se posiciona no contexto onde está inserido. Mostraremos, também, um pouco do porquê da matemática que aprendemos/ensinamos hoje na educação básica está como está. Além disso, propomos algumas sugestões de como podemos modificar a situação atual para que a aprendizagem matemática colabore na formação de um sujeito crítico, que se perceba como sujeito na sociedade. Acreditamos que um cidadão que saiba argumentar matematicamente pode levar essa prática argumentativa para a vida fazendo com que se torne mais perceptivo com a realidade que acontece na sociedade em que vive.

Publicado
2018-12-07